segunda-feira, novembro 15, 2004

BURGESSOS DA RAPAQUECA - Semana I

Ora boas, camaradas da redonda!

Pois é, ‘tá consumado, pá, o Benfas lá passou para segundo lugar!Está visto que o “Trapalhoni” não percebe muito de dança: então o homem leva o Glorioso ao bailinho da Madeira e põe-me lá à frente dois macambúzios que mal tem elasticidade para dançar o “Robô”? Irra!
E depois ainda dizem “Ah, é normal, quando ele tinha idade para ser treinador de futebol era o estilo “Robô” que estava na moda!” Sempre a arranjar desculpas para o homem, pá!

Eu fico piurça da vida com esta cena de arranjar desculpas parvas para o treinador do Benfica:

- Ah, ele tem idade para ser teu avô!
- É normal que ele seja muito táctico e retraído. Os primeiros anos de vida dele foram passados em plena II Guerra Mundial!
Mas se há uma que me irrita é a velha máxima do “Dá-lhe um desconto!”
Um desconto?! Com a idade que ele tem e o nosso sistema “Mãos largas para a 3ª idade” ele já tem direito a um cartão de idoso que dá desconto em montes de lojas que ele não usa, uma reforma que dá para pagar, à vontadinha, mais de metade dos medicamentos que um idoso precisa, e se ele declarar tanto aos impostos como o Bibi do Benfica, nem lhe mexem na renda de casa, pá! E ainda lhe querem dar desconto?
Se é para isso, qualquer dia pomos um slogan nos jornais italianos:
“Já não tem idade para treinar em Itália?
Então venha para Portugal! O País que dá descontos!”

O Porto lá está em primeiro lugar graças à vitória sobre o Gil Vicente. Os homens é que são de Barcelos mas eles é que tiveram galo: o Baía tinha logo de se lesionar e o Porto pôr lá um guarda-redes a sério! É preciso ter azar, pá!
O Costinha aproveitou o traumatismo craniano para afinar a testa e lá afiambrou mais uma “tolada” para o fundo das redes. Este Costinha e um paradoxo: é Ministro, mas sabe usar a cabeça!

Lá para os lados do W.C. a lagartagem aplicou meia dúzia na malta do xadrez – não confundir com o Vale e Azevedo, pá, ‘tamos a falar do Boavista! Eh eh eh!
O jogo foi surreal, meus amigos: o Sporting ganhou, os únicos lenços brancos era de malta que estava realmente constipada, e o Boavista fez menos de 50 faltas!
Aos 90 minutos de jogo, eu já dizia para a minha patroa: “Oh Isilda, se o Pilinha marcasse um golo, era capaz de jurar que ‘tava a ver os Ficheiros Secretos!”
E não é que nos descontos me entra o Mulder e a Scully p’la TV adentro?!

Foi um golo monumental! Sozinho em frente a um gajo que já tinha mamado cinco e devia de estar com uma moral do caraças, remate espectacular para o meio da baliza! Este Pilinha é um craque!
Eu já estava a imaginar o relato da rádio:
“Graaaande passe a isolar Pinilla, lá vai coxeando em grande velocidade, está na cara do golo, vai falhar... vai falhar... vai falhaaaaaar... Falh... Não falhou?! NÃO FALHOU?! Eh pá, o que é se diz quando isto acontece, pá? Golo? ‘Tá bem! Gooooooooooolo! Piiii-ni-lla!A isolar-se sem auxílio do àrbitro assistente, a mover-se sem recorrer à bela da muleta, e a fazer um tremendo remate com o pé direito, o seu pior pé a par do esquerdo, e a colocar a bola bem ao canto inferior central da baliza de Khadim! Espectáculo em Alvalade!”

Acho que a SporTv esteve muito mal. Então entre o golo do Pilinha e o final do Flah-Interview só repetiram o golo para aí 7 vezes! E a câmara aérea?! Ai, ai! Falharam, azar! Isto com o chileno não há cá segundas oportunidades!
Eu até entendo que o golo do Pilinha seja visto 10 vezes. Afinal, quando o homem lançar um DVD com os golos da carreira dele, convém o filme ter pelo menos 2 minutos, pá! Eh eh eh!

Quem voltou com uma bela moina de melão para casa foi o Pacheco, pá! O homem passou a semana passada a convidar o Liedson a aprender a jogar no pelado, e vai passar esta semana toda a convidar os jogadores do Boavista a aprender a jogar num relvado!

Por falar em Liedson, se eu não gostei daquela comemoração de golo, pá! Quando vi o gajo a cair daquela maneira até disse à minha tromba-metade “Oh Isilda, anda cá ver que é pénalti!” Mas não era, pá! Raio do puto tem mesmo queda para aquilo!

Quem tem muita queda mas não me cai no goto é o JVP. O homem anda muito em baixo em campo, pá! Mas também, quando li que a Marisa Cruz disse que agora queria ter um filho, eu vi logo que ele ia ‘tar de pé era noutras alturas! Eh eh eh!

Cambada de bichos!

Fiquem bem!