segunda-feira, novembro 22, 2004

Burgessos da Rapaqueca - Semana II

COLADINHOS!

É verdade: o primeiro lugar da SuperBriga pertence ao Benfas e àquela agremiação azul e branca lá de cima. Já não bastava sermos seis milhões, ainda vamos ter de partilhar o primeiro lugar com mais quinhentos e vinte e três.
O José Veiga, por exemplo, está tão colado ao FC Porto como quando fundou a casa dos tripeiros no Luxemburgo! Eh eh! Oh raça de nómadas, esta gente da bola!
Isto do Benfica e Porto estarem colados tem uma coisa boa: se ambos os clubes sentirem que são primeiros, podemos ter uma semana em que todos os dirigentes não senis dos “grandes” estejam calados!

Camaradas Gloriosos: depois da saga “Vale e Azevedo – Comprei um iate à pala do Ovchinnikov” temos mais um grande benfiquista no xadrez: o Cafú! O homem fez uma proeza do outro mundo: marcou um golo ao Porto, no estádio do Dragão, no fim do jogo, em fora-de-jogo, e o golo foi validado! Irra!
Eu já tinha ouvido nas noticias que o Papa andava cansado, mas não pensei que fosse tanto! Eh eh eh!
Se me tivessem contado isto há duas semanas atrás eu chamava-lhes malucos, mas desde que vi o Pilinha marcar um golo, eu já acredito em tudo!

Eu sei que Derby Tripeiro é sinónimo de pancadaria e futebol da batata, mas este ano até tinha tudo para ser um espectáculo valioso: afinal, iam estar frente a frente o Menino de Ouro e o Senhor dos Anéis!
Quem nos lembrou logo que aquilo não era um jogo de bola, era o Porto-Boavista, foi o ícone do fair-play, o jogador dos axadrezados Éder. Eu acho sinceramente que o macambúzio central do Boavista devia mudar o nome dele para Éter: em cada lance em que o caceteiro participa, o adversário sai anestesiado!

O Pinto da Costa é que lá armou peixeirada com o árbitro no túnel de acesso. Está visto que o homem é o Santana Lopes lá do Norte: quando se mete num túnel só dá barraca! Eh eh eh!

A lagartagem gastou a chumbada toda contra os “amigos do Benfas” e esta semana lá voltou aos resultados normais: empatou. O pseudo-treinador Peseiro disse que estava satisfeito com o rendimento deste Sporting. Eu concordo: ninguém estava à espera que este Sporting desse seis ao Beira-Mar: afinal, faltava-lhes o fabuloso Pilinha lá na frente! Eh eh eh!
A equipa cor de ranhoca ainda tentou contagiar o Beira-Mar, mas eles estavam equipados com um antivírus: o McPhee! Eh eh! Perceberam? Antivírus... McPhee... Antivírus... ai, ai, que piadinha tão forçada.


O Benfas quis mostar que também é um “grande” e deixou-se empatar com o Rio Ave. A julgar pela segunda parte, acho que a lógica era imitar o Porto e perder no final do jogo. O Moreira é que tem mau feitio e não gosta dessas brincadeiras!
Cá para mim a culpa foi daquelas brasileiras de mini-saia que cantaram no intervalo. As miudas foram cantar “Mamãe eu quero” e a rapaziada vermelha levou a letra a peito e quis mamar dois na segunda parte! Eh eh!
Isto não tem graça nenhuma, estes gajos dão-me cabo da máquina, pá!
Cambada de bichos!

Inté!

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Já me vou habituando aos ataques que o Benfas me vai causando. Este ultimo fim de semana foi demais.

Miguel Pacheco aka BaReTTi

3:03 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home