domingo, novembro 14, 2004

ECONOMIA I - Tributação do R.A.B. dos portugueses

ECONOMIA, pelo nosso expert em Economia do site, Dr. Anastácio Burgesso

Sessão I - Rendimento Anual Bruto(RAB) vs. Rendimento Anual Liquido (RAL)

- Bom dia, Dr. Anastácio Burgesso, explique-nos por favor como funciona a tributação dos Rendimentos Anuais Brutos (RAB) dos portugueses.
- Bom, todos os anos o português tem um RAB...
- Que não é o mesmo do ano anterior...
- Não tem de ser, geralmente o português ganha um pouco mais.
- Ou seja, todos os anos temos um RAB novo.
- Exactamente.
- E cada vez maior.
- Ora, exactamente.
- E depois de trabalharmos que nem uns cães o ano todo, as Finanças vão-nos ao RAB, tiram os impostos, e o dinheiro vai pelo RAL.
- Exactamente.
- Hum... e o governo sente-se feliz com isso....
- É uma tributação, ainda não dá para trocarem de carro todos os meses mas já não é mau.
- Ou seja, o RAB dos portugueses ainda não rende o suficiente...
- Exactamente
- Devia ser ainda mais espremidinho.
- Ora, exactamente.
- E vão ao RAB a todos sem excepção?
- Infelizmente ainda há muitas pessoas que dizem ter um RAB menor do que o que realmente tem, e obviamente que as Finanças não lhe apanham o RAB todo.
- Ou seja, as Finanças funcionam para os grandes empresários como uma injecção...
- Desculpe?
- Só apanham uma nádega de cada vez.
- Ora, exactamente.
- Pois.
- É assim.
- Pois é.
- Exactamente.
- Dr. Burgesso, o RAB das mulheres portuguesas é razoável para a média da Comunidade Europeia?
- Infelizmente o RAB das portuguesas ainda é muito fraquinho.
- Pois. Por portuguesa consideram toda a trabalhadora portuguesa de sexo feminino?
- Exactamente.
- Seja ela como for.
- Ora exactamente.
- Ou seja, se retirarmos as portuguesas com bigode, que ainda são uma boa quota, o RAB médio melhora.
- É capaz.
- Em teoria melhoraria, porque as portuguesas em cargos de maior rendimento geralmente não tem bigode, não é?
- Ora exactamente.
- Pois, bem me parecia.
- Exactamente.
- Mas ainda não se compara com o RAB das suecas.
- Ora, exactamente.
- Pois, bem me parecia.
- Pois.
- OK, muito obrigado pela sua colaboração.