segunda-feira, dezembro 20, 2004

Burgessos da Rapaqueca - Semana VI

by Toni Burgesso


NATAL A TRÊS

Pois é, camaradas da bola, o Natal este ano é como o Sol, nasceu para todos! A tradição já não é o que era e o Sporting ainda não está a dez pontos do líder!

Os lagartos lá ganharam, e pelos vistos este natal vai ser mesmo repartido a três. Já não bastava termos de associar umas bolas azuis ao nosso Natal vermelho, agora vamos ter de pôr azulejos no presépio!
Onde é que já se viu isto... e ainda por cima presépios do Taveira!
Acho que o meu puto me vai perguntar no fim do Natal:
– Oh pai, porque é que o burro passa a vida a dizer à vaquinha: “Aguenta, sua vaca, não chora...” ?

O shôr árbitro é que já vai poder receber a família toda lá em casa no Natal. Pelo menos cadeiras não lhe faltam! Eh eh! Estes adeptos do Vitória são uns mãos largas!

O Hugo Viana até teve direito a levar com moedinhas. O que a julgar por aquela barba de 3 meses é normal. No Natal dá-se sempre qualquer coisa aos sem abrigo.


Para ajudar à benesse, o guarda-redes do Vitória ainda deu um perú que chega para o plantel inteiro, portanto lá vamos ter o prazer de ver o Peseiro a comer de boca aberta.

Quem também se safou foram os jogadores do FêCêPê, que não perderam a embalagem que os colombianos lhes deram e derrotaram em casa o agora poderoso Moreirense, o único clube da Superliga que se dá ao luxo de deixar na bancada dois gajos que valem oito milhões de contos!

Embalado vinha também o “Jim Carrey”, que mesmo a precisar de ir a revisão lá fez o golito da praxe.

Quem veio mesmo muito embalado do Japão foram o Carlos Alberto e o Senhor dos Anéis, tão embalados que aterraram na equipa B, sob o comando do tripeiríssimo Domingos Paciência, e arriscam-se a ver os jogos do FCP na bancada.
Ironia das ironias, é mesmo caso para dizer: para estes dois, aos Domingos... Paciência! Eh eh eh!

O roupeiro do Moreirense, adepto fanático dos tripeiros, foi “sentir o cheiro” da Taça Intercontinental, e voltou todo sorridente.
Pois, é o que dá terem deixado os colombianos do “Once Caldas” mexerem na Taça! Eh eh! Ela bem que me parecia um bocado esbranquiçada…

O Victor-nem-sei-como-é-que-sou-campeão-intercontinental-Fernandez foi dado esta semana como possível treinador do Real Madrid.
Claro, claro. Deve ir para lá treinar o Beto do Sporting! Eh eh!

O outro gang do Invicta, a malta do xadrez, foi sovado pela malta da pedreira por 3-0. Já não bastava a tareia descomunal que levaram, o Tiago ainda brindou a malta com um belíssimo autogolo, pá!

Para quem não sabe, e p’ra não virem cá dizer que isto não tem uma parte didáctica, um autogolo é quando um tipo que habitualmente joga contra nós decide fazer um golo a nosso favor.
Tipo o golo do Argel a favor do Benfica, ‘tão a ver?

Por falar no Xerife, a dupla Frota / Castelo Branco perdeu muita popularidade este fim-de-semana, e o que está na moda agora é o casal Argel / Trappalhoni!
Eh eh! Agora mais a sério, eu não entendo a bichanice da massa adepta, pá. Eu desde pequenino que sempre me habituei a dar um beijinho ao meu avô!

Depois do jogo, o italiano defendeu o Argel, como tem vindo a defender toda a equipa. Consta até que esta semana um adepto gritou num treino: “Vocês são todos uma cambada de coxos!”, ao que o vetusto treinador respondeu “Non é vero, amico. O Manuel Fernandes está solo suspenso.”

Quem foi convocado para o Benfas-Penafiel foi o Dom Sebastião do Joelho, o Mantorras. Os três grandes lutam agora com armas iguais: o Benfica tem à disposição um ponta de lança tão coxo como o Pilinha e o Fabuloso!

A malta até já anda excitada com a ideia de ver o palanquinha em acção. Para comemorar este acontecimento, o Burgesso lança aqui um concurso, em que o vencedor habilita-se a uma viagem guiada ao Museu do Benfica! Eh eh!

Ora ca vai então a Pergunta Burgesso da semana:

“Quanto tempo vai aguentar o joelho do Mantorras?”
A. Lesiona-se no aquecimento
B. Rotura a subir os degraus para o relvado
C. 30 minutos e dois carrinhos
D. 2 jogos e meio
E. Até jogar pela selecção e pisar uma mina
F. Até final da carreira (a quem apostar nesta resposta também oferecemos uma consulta gratuita num psiquiatra)

Mudando a agulha e desviando o assunto, os jogadores do Benfica foram na passada segunda-feira ao circo viver uma experiência diferente: ver outros a fazer figura de palhaços, depois de no dia anterior terem sido eles os artistas principais em Belém!

Consta, contudo, que o momento alto terá sido a exibição do ilusionista.
Primeiro o artista fez aparecer uma carta, ao que a malta terá gritado: “Grande coisa, o Veiga fez aparecer a mãe do Robinho!”
Depois, o famigerado aspirante a mago fez desaparecer um coelho, ao que o Luís Filipe Vieira terá ripostado: “Olha lá, hum, deixa lá isto p’ra quem sabe, hum?” e Puf!, fez desaparecer um camião das obras!

Os jogadores benfiquistas estiveram ainda para participar no Natal dos Hospitais, mas ao que parece já não havia vagas na assistência! Eh eh! Acho que este Natal vou pedir um coração novo, que estes gajos dão-me cabo deste.

Mudando a bitola para assuntos mais internacionais, os lagartos apanharam para a taça UEFA os holandeses do Feyenoord, cujo estádio é apelidado da “Banheira de Roterdão”. Ou seja, vamos ter o jogo mais higiénico da Taça UEFA: uma mão joga-se na banheira, e a outra na casa de banho! Eh Eh!

Hoje disputou-se a gala da FIFA, e o melhor jogador do Mundo foi o Ronaldinho Gaúcho, o irmão do Assis.
É mais um grande triunfo do Sporting: não bastava terem um treinador que estudou na mesma turma do melhor treinador da Europa, também já podem dizer que tiveram o irmão do melhor jogador do Mundo! Eh eh! Estão em grande, pá!

Cambada de bichos!

Feliz Natal!

CGA