segunda-feira, dezembro 06, 2004

Burgessos da Rapaqueca

O Papa não é santo!
.
.
Pois é, companheirada da redonda, depois dos tristes acontecimentos da passada semana, o burgo lampião voltou a sorrir: o Papa foi à choça!
Mas calma, antipatizantes do aspirante a Jô Soares da Invicta: o homem foi só de passagem. Uns dizem que foi só para testemunhar, mas eu cá acho que ele fez o que qualquer homem de classe faz: primeiro foi ver as instalações e fazer o check-in, e depois é que se muda para lá de vez.

O asqueroso presidente foi chamado a depor no processo do Apito Dourado. O que é absolutamente ridículo: se o processo é por causa de um apito de ouro, porque é chamaram o homem do marfim? Eh eh eh eh!

Ainda se o processo se chamasse “A pita dourada”, ainda o podiam chamar por causa da namorada. Mas para isso tinham de chamar mais 150 clientes das casas nocturnas do Reinaldo Teles! Eh eh eh!

Por falar em marfim, eu propunha aos nossos camaradas Diabos Vermelhos uma tarja mais simpática do que a já célebre:

“O orelhas é o nosso presidente;
A p*** é de toda a gente”

Visto que a pindérica primeira dama azul e branca chamou orelhas ao Filipe Vieira, e como p’ra mim orelhas é o célebre elefantinho Dumbo, podiam mudar a faixa para:

“Oh orelhas, nosso grande presidente;
Se não te pões a pau, o Pinto da Costa leva-te um dente!”


Eh eh eh!
Esta ao menos não tem asneiras, e a Polícia não pode tirá-la por ser ofensiva.

Entretanto, o tripeiro mor lançou uma autobiografia sobre o tempo de dirigismo do FCP.
Cá para mim daqui a uns anos sai uma segunda edição da autobiografia em Banda Desenhada.
É que, pelo andar da carruagem, os próximos anos do Pinto da Costa vão ter histórias aos quadradinhos! Eh eh eh!

Quem deve estar aliviada é a malta que preferiu denominar a nova banheira azul e branca de Estádio do Dragão, em vez de lhe dar o nome do presidente, como muita gente queria.
Convenhamos, meus amigos: é mais bonito ter um “Estádio do Dragão” do que um “Estádio do Ladrão”! Ah ah ah!
Eu hoje acordei p’ra implicar com o homem, o que é que se há de fazer?!

Com esta risota toda à conta do malfadado presidente tripeiro, quase me esquecia de vos lembrar que os morcões levaram outra vez na pá, outra vez no estádio do Dragão, e outra vez por 0-1.

Se os desgraçados continuam com esta regularidade, no final da época podem pegar nas gravações dos jogos em casa e fazer um remake do “Never Ending Story”! Eh eh eh!

Eu propunha até outra faixa aos camaradas DV quando o Benfas fosse ao Porto:

“0-1, Dejá vú
O FêCêPê a levar no..”

.
Ou então não, esta se calhar a Polícia já recolhia.

Quem estava felicíssimo com o 0-1 era o castiço treinador aveirense, o Cajuda.
Finalmente percebi porque é que o barbudo e simpático treinador se chama Cajuda. O homem consegue perder com quase toda a gente, mas empata com os lagartos e ganha aos tripeiros.
Ou seja, ele é o Manuel “Cajuda” o Benfica! Eh eh!

Além do Porto perder e o PC ir visitar a bófia, o Sporting ganhou com uma carga do Liedson sobre o Pedro Roma. Isto o sistema já não é o que era, pá!

Mesmo assim, o Peseiro ia metendo a pata na Polga ontem.
Meteu o brasileiro no banco, e não fosse o rato atómico ter feito dois golos e meio e lá andava o homem toda a semana com a Polga atras da orelha!

O brasileiro até nem esteve mal na UEFA. Já estava destinado que a lagartagem ia mamar uma derrota.
Um jogo que se chama “Sporting – Chuchaux” só podia dar nisto! Eh eh eh!

Eduardo Barroso, o cirurgião lagarto que tem tanto de imparcial como de magro já disse: “ O campeonato está no papo!”
Se for no dele não esta só o campeonato. Com a pança que o lagartão tem devem lá estar todas as taças da história do Sporting!
E depois queixaram-se quando o “bicho” encomendou as faixas...

Olegário Benquerença, o já célebre “cegueta da Luz” está metido em trabalhos.
Não bastava a malta do “apito Dourado” andar em cima dos árbitros habilidosos, o pequenote JVP queixou-se de uma forma que ainda vai fazer o Olegário prestar contas ao DIAP.

Disse o baixote: “Disse-lhe que estava mortinho por me mostrar o cartão. Ele então olhou para mim com um ar de gozo, de prazer, parecia que estava a ter um orgasmo...”
Perante a gravidade da situação, cabe-me açambarcar dois considerandos:
1. Já lhe vi chamarem muita coisa, mas cartão assumo que é a primeira vez!
2. Se lhe juntam o “Apito Dourado” a esta acusação estilo “Casa Pia”, ainda lhe montam um processo acumulado, o “Assopro Dourado”! Eh eh eh eh! Muito bom!

Para acabar em beleza o weekend futeboleiro, há bocadito o Glorioso apanhou outra vez a agremiação azul e branca.
Mas o jogo com o Estoril nem parecia um espectáculo de futebol: havia tantos benfiquistas lesionados e um àrbitro tão cego, tão cego, que a minha Isilda pensava que eu estava a ver o Natal dos hospitais! Eh eh eh!

Antes do jogo, numa conferência de imprensa no fim-de-semana, o Trappalhoni provou mais uma vez que conhece tão bem o Roger como o Dias da Cunha conhece o sistema. O vetusto treinador encarnado devia acrescentar mais um lembrete na sua já concorrida agenda matinal.

Agenda Matinal Trapattoni


Bom dia, Giovanni.
Lembretes do dia:

1. Estás em Portugal.

2. És treinador do Benfica.

3. O Benfica equipa de vermelho e joga no Estádio da Luz.

4. O estádio fica em Lisboa. Chegando lá eles dizem-te onde é que vais treinar hoje. Consultar mapa da mesinha de cabeceira para auxílio.

5. O Roger é brasileiro, joga futebol e pertence ao Benfica.

6. O Benfica é o clube que tu treinas, pá. Ver pontos 2 e 3 novamente.


Por falar em tipos que não sabem bem onde estão nem o que devem fazer, o Santana Lopes, antes de cair, tentou arranjar um Ministro do Desporto para substituir o Chaves.

Logo veio à baila o nome desse grande benfiquista, o Fernando Seara, o homem que desperdiça a sua inteligência todas as segundas-feiras a explicar ao Dias Ferreira o que é uma bola, e a tentar dizer-lhe delicadamente que, mesmo que o barbudo insolente fosse o Hitler, a malta preferia tomar duche nas câmaras de gás a rir-se das piadas dele!
Irra, eu há dias que prefiro as tolices do “Papa”, pá!

O Benfas, segundo os pasquins futeboleiros cá do burgo, vai fazer uma pausa na sua profícua senda no mercado brasileiro (de onde ultimamente saíram grande nomes como o rapidíssimo Paulo Almeida ou o cerebral Everson, que quase quase quase jogava contra o Estoril) para voltar a contratar jogadores comunitários.

Tem lógica: com a adesão a Comunidade Europeia de grandes potências futebolísticas como o Chipre ou Malta, o “Benfas” volta a ter poder de compra para este tipo de jogadores! Eh eh!
Estas piadas masoquistas matam-me!

Espreitando o olho à jogatana de amanhã, espera-nos um grande embate entre um clube que equipa de azul, está cheio de hooligans, tem quase metade da equipa feita de campeões europeus, e tem um presidente corrupto, e o Chelsea! Eh eh eh! Olha que belo par de jarras!

O arrogante Mourinho volta amanhã à casa mãe, e já disse que traz seguranças. O Papa disse que, para andar com segurança, só se fosse por actividades menos lícitas que ele teve no Porto.
Agora é que eu percebi porque é que o Pinto da Costa precisou de escolta dos Super Dragões para prestar declarações! Eh eh eh!
“Diz o roto ao nu…”

Cambada de bichos!

Inté!

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Isto é um país de comércio:

- O Pinto da Costa com o marfim
- A família Soares com os Diamantes
- Os empresários da noite com emigrantes ilegais
- Pescadores com transporte de droga

Se o que é prática geral fosse lei, quem pagasse as dividas que tem, os impostos a horas, seguisse o codigo da estrada à risca, não bebesse alcool e tratasse o seu igual com respeito, Era abatido a tiro tal o numero de ofensas para o espirito português.

BaReTTi aka Miguel Pacheco

11:19 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home