terça-feira, janeiro 11, 2005

O 5º das celebridades!

Está consumado! A lagartagem sempre vai estar uma semana à frente do campeonato!

A malta do WC anda tão emproada que parece que o Carlos do Carmo, esse grande benfiquista, vai editar um remix d’“Os putos” só para os verdes!


“Parecem bandos de pavões à solta

Os lagartos, os lagartos

São uns inchados, capitães da Liga

Os lagartos, os lagartos

Mas daqui por um mês

Vai-se a revolta

Sentam-se ao colo do “papa”

É o sistema que volta

E ouvem-no a dizer “Fica para o ano”

São os putos do Sporting

A aprenderem a ser homens”

Eh eh! Lindo!

O Liedson, esse rei do mortal encarpado, chegou atrasado a Lisboa, mas o raio do Ricardo Rocha ainda conseguiu chegar às bolas mais atrasado que ele!

Eu fiquei tão traumatizado com o bis do Liedson que cada vez que vejo o atarracado avançado do Sporting na TV grito logo: “Lagarto, lagarto!”

O lance do primeiro golo lagarto demonstra o quão bem eles conheciam o Benfica: aquele golpe de cabeça foi especificamente treinado para este jogo, até porque os restantes clubes da Superliga têm guarda-redes com mais de metro e meio!

Faltou-te um bocadinho assim, oh Quim!

Depois o Nuno Gomes empatou, e o ambiente aqueceu tanto que o Rui Jorge teve medo que lhe rasgassem novamente a camisola, e foi mais cedo para o balneário.

O Petit bem avisou que a malta ia entrar sem medo. Sem medo, sem qualidade, sem garra, sem nada!

O Rochemback é que deve ter lido a entrevista do pitbull e, pelo sim pelo não, deu-lhe uma chapadona na cara para ver se ele ganhava respeitinho!

Quem também ajudou à euforia lagarta foi o Porto, que teve uma jornada normal para um “grande”: empatou com o Rio Ave!

O árbitro, essa figura central e sempre querida do futebol português, deve achar que o Jorge Costa é gay: só assim se explica que tenha achado normal o “Bicho” embrulhar-se na área com o Gaúcho e atirar-se para cima dele! Eh eh! Vesgo!

Assim como assim, esta semana valeu muito mais do que uns míseros jogos da bola, pá!

Por exemplo:

A companheira do Eriksson revelou esta semana que o simpático e benfiquista seleccionador de Inglaterra gosta de dizer os nomes dos jogadores ingleses quando faz amor.

Pudera, com a idadezita que o homem já leva, deve ser a única maneira de estimular a mulher!

“Querido, apetece-me algo.”

“Posso oferecer-te o meu corpinho?”

“Não, o que eu queria era algo… bom.”

“Compreendo, querida. David Beckham! David Beckham!”

“Ah, sim, dá-me mais!”

Depois das contratações desses dois ícones do futebol como são o Roger e o Dudic, o Benfas lá comprou um tipo que efectivamente não era do Benfica, o argentino Maxi López, conterrâneo do Bola Sete da branquinha, esse grande artista em tempos conhecido como Maradona!

Eu espero sinceramente que este tipo não nos saia um Super-Maxi, porque a malta ‘tá farta de jogadores gelados, a gente quer é gajos com o pé quente!

O Porto lá conseguiu despachar o Carlos Alberto por seis milhões de euros.

Mas para quem pensa que foi muito dinheiro por um jogador mal comportado, convém frisar que os 6 milhões de euros fazem parte de um pacote que inclui a ida do Carlos Alberto a título imediato, e a do Pinto da Costa assim que possa!

Entretanto, o Pimenta Machado foi indiciado por supostas trafulhices com a guita da venda de jogadores. Eu pus-me cá a matutar e fiz uma chalaça com esta quadra:

“Se estes tipos apanham o Valentim, o Pimenta e o Pinto da Costa vamos ter os três reis magos na choça!”

Eu cá não sei o que é que o Major e o Pimenta levavam, mas o PC de certeza que oferecia marfim!

Bem, camaradas, para a semana cá estaremos para ver quem é o Campeão de Inverno!

Inté!

CGA