terça-feira, abril 05, 2005

Burgessos da Rapaqueca – Semana XXII

Faltam 7 jornadas para o Pinto da Costa dar por mal empregue o investimento no Olegário Benquerença

É verdade, malta. Com a vitória sobre o Marítimo aproxima-se cada vez mais o dia em que alguém vai ter de arranjar forças dizer ao Paulo Almeida e ao Everson que eles são campeões de Portugal sem chorar a rir.

Ora depois da joga domingueira, ficou patente que Angola está mesmo pródiga em adoecer a malta portuguesa.

Depois da potencial transmissão do vírus de Marburg, agora foi o angolano Mantorras a injectar o vírus do “Toma Lá Morangos”, que dá sintomas de azia e dores no cotovelo, e tem como grupos de risco os adeptus viscosus, usualmente conhecidos como “lagartos” e “dragões”!

Ficou também provado que não é só o Sporting que dá “shows” de bola.

Este Benfica também está cheio de gente que dá cor ao espectáculo, como Nuno Gomes, Mantorras, Simão ou o inevitável Quim, que insiste em trazer emoção aos jogos quando eles estão praticamente resolvidos!

Mas este foi um fim-de-semana marcado sobretudo pela morte do Papa e pela vitória do Sporting no Bessa. E se um foi um acontecimento que surpreendeu e entristeceu a maioria dos portugueses, a morte do Papa não lhe ficou atrás…

Está visto porque é que o Sá Pinto foi convidado para o casamento do Dom Duarte de Bragança. O homem até quando é para afiambrar porrada só bate em gente de alto nível, como seleccionadores ou dirigentes!

Ainda estou para ver um adversário estufar o peito ao Sá Pinto e o vampírico avançado lagarto responder: “Xô, povão, que eu não bato em ralé!” Eh eh!

És muito fino, és…

Este Sá Pinto até me faz lembrar de certa forma o Quim: qualquer que seja a situação, resolve-a sempre a soco!

Voltando ao assunto de estufar peitos, quem jogou mesmo de peito aberto esta semana foi o FêCêPê, pá. Pelo menos, segundo o Olegário Benquerença, o Jorge Costa jogou com o peito tão aberto que lhe chegava aos cotovelos!

Quem facturou o golo da tripeirada foi o Hélder Postiga, que depois de marcar pela Selecção conseguiu o feito de marcar dois golos em duas semanas consecutivas.

Postiga terá inclusivamente dito: “Esta é a melhor fase da minha carreira futebolística!”

Para finalizar, deixo um conselho sério à nação benfiquista: ouçam o Trappatoni e controlem a euforia, pois lembrem-se que ainda faltam 7 jornadas para sermos CAMPEOES DE PORTUGAL, mais uma semana para vencermos a TAÇA DE PORTUGAL, mais 5 meses para vencermos a SUPERTAÇA, e para cima de um ano para vencermos a LIGA DOS CAMPEÕES!

Portanto, não se armem em bichos e nada de euforias parvas, pá…

Inté!

1 Comments:

Anonymous Diogo said...

Caro burguesso só tenho uma coisa a dizer, com o Quim na baliza ainda não somos campeões.

3:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home