quarta-feira, maio 04, 2005

Burgessos da Rapaqueca - Semana XXVI

Faltam 3 jornadas para haver 14 milhões de histéricos em todo o Mundo

É verdade, gente. Após um estudo minucioso promovido pelo Glorioso, descobrimos que só em Angola e Moçambique temos cerca de 6 milhões de benfiquistas.
Ora facilmente se depreende que, se o pessoal continuar a jogar como tem jogado, além dos programas "Ajude Àfrica: ofereça comida" vamos ter as campanhas "Ajude Àfrica: ofereça um pacemaker"!

Eu, pessoalmente, tenho de admitir que este fim-de-semana foi uma farsa à verdade desportiva. O Glorioso ganhou com um penalty inventado, o FêCêPê ganhou com um golo em fora-de-jogo, e os lagartos inscreveram o Pinilla na ficha de jogo, e depois meteram lá um tipo que marca golos! Eh eh! Cambada de aldrabões, é o que é!

No Porto e no Benfica houve a chamada “lei da compensação”. A diferença é que, no Benfica, o senhor de preto ajuda no fim para compensar o erro num penalty anterior; no Porto ajuda-se primeiro para os pôr a ganhar, e depois se eles fizerem alguma coisa válida logo se anula!

O Estádio dodos tripeiros voltou aos bons velhos tempos, com a malta do Apito Dourado a reunir-se na tribuna VIP do Dragão, que no sábado à noite bateu a recordista cadeia do Linhó em nº de gabirus por metro quadrado!

Deve ter havido muito bom árbitro que sentiu um cheiro a nostalgia quando viu a tribuna e se recordou dos tempos em que se dava com o Major, com o Pinto da Costa, e principalmente com as amigas da Carolina Salgado!

O Major até levou a taça de campeão de Portugal para oferecer ao Jorge Costa. A taça só pôde ser entregue agora porque o museu dos tripeiros é pequenino, e só a semana passada é que o Jorge Costa foi obrigado a devolver a taça de campeão europeu!

Falando sobre o nosso Benfas, descobrimos finalmente que o Trappatoni sofre de esquizofrenia. Ora tem uma personalidade inteligente e mete o Moreira, ora bate com a cabeça nalgum poste de electricidade e pensa “Tenho de meter o Quim a titular”!
Esta semana a paranóia só não deu para o torto porque o Lourenço lembrou-se dos seus tempos de Sporting e, em vez de chutar à baliza, fez-se ao penalty! Ah pois é!

Entretanto, ao que parece o Pinigol lesionou-se com gravidade. Ao que parece os músculos do ponta-de-lança lagarto cederam porque não estavam preparados para acertar nas balizas, e quatro golos numa semana foi uma overdose de esforço!

O Mourinho finalmente perdeu ao fim de três anos nas competições europeias, com um golo que, quando foi validado, me levou a pensar que o homem só foi mesmo afastado por culpa do árbitro: tivesse a UEFA escolhido o Olegário Benquerença, e a bola ainda tinha mais dois metros para percorrer antes de ser golo!

Ah pois é!

Até para a semana!

CGA

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

DOYE, N´DOYE!?!?!?

3:09 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home