segunda-feira, maio 30, 2005

Burgessos da Rapaqueca - Semana XXX

(para quem já está em pensar em depravadices, XXX é trinta em romano, cruz credo!)

Ninguém pára o Benfica, excepto o Vitória de Setúbal, niguém pára o Benfica, oh eh oooooh!

Pois é meus amigos, jogos do Glorioso são assim: dê lá por onde der, há sempre Vitória! Desta vez não foi a águia Vitória nem a vitória do jogo, foi mesmo o Vitória de Setúbal.

Ora a malta benfiquista estava numa de dobradinha, mas o pessoal de Setúbal não gosta de carnes gordas, vai daí acabámos a deglutir um choco frito!

Houve quem se queixasse da entrega dos jogadores do Benfica e do abuso nos festejos, o que é uma grande treta.
Saibam todos que, enquanto os jogadores do Setúbal às oito da manhã ainda estavam na caminha, os do Benfica às 6.30h já estavam de pé numa discoteca!

Bom, mas esta semana foi mesmo pródiga em efemérides, e para quem ainda está espantado com a vitória do Vitória, agora é que vos vou deixar de boca aberta: o Sporting ganhou uma final! Eh eh!

Ainda por cima, depois de tanto esforço, o Sporting ganhou exactamente a competição que não merecia ganhar. É que não faz sentido que uma taça da amizade seja entregue a uma equipa capitaneada pelo Sá Pinto!

Eu pus-me cá a matutar a ver se encontrava uma razão para convidarem os lagartos para uma competição de amizade, e cheguei às seguintes hipóteses:
1. Camaradagem entre os avançados na hora do penalty;
2. Carinho entre treinador e jogadores, com expressões como "Vai tomar no c*", que significa carinhosamente "Peseiro, não se esqueça de tomar seu supositório";
3. Vontade de ajudar os colegas, mesmo quando se tem problemas psicológicos, dores capilares, unhas das mãos rachadas ou finais da taça UEFA na semana seguinte

De facto, não estou mesmo a ver candidato mais condizente que o Sporting. Talvez o Real Madrid...

Entretanto, e num espírito de fim de época, o Burgesso recorreu a todo o seu painel de residentes – excepto o Miguel Pacheco – para atribuir os prémios da “I Gala Prémios do Burgesso", que serão entregues assim que o Sporting volte a ganhar um jogo oficial:

Prémio “Três Tristes Treinadores”: Del Neri, Fernandéz e Couceiro
Prémio “Mestre da culinária”: Pinto de Sousa
Prémio “O nome diz tudo”: Bobó
Prémio de carreira “Miguel Bombarda”: Dias da Cunha
Prémio “De derrota em derrota até à vitória final”: Benfica
Prémio “Eu só cá vim para ver a bola e ser campeão”: Trappatoni
Prémio “Jogos decisivos é no guichet ao lado”: Sporting
Menção honrosa “Casa de Frangos de Moscavide”: Ricardo
Prémio “Melhor e mais humilde treinador do ano”: Luís Campos
Prémio “Túnel do Marquês”: Paíto e Luisão
Prémio “’Tá toda lá dentro!”: Olegário Benquerença
Prémio “E esta m**** é toda nossa”: Super Dragões
Prémio “Só me saem é galácticos!”: José Peseiro
Prémio “Mau, tu queres ver que a gente vai ter de se chatear?!”: Sá Pinto
Prémio “Jogador revelação”: Paulo Almeida
Prémio “Vai ser bom, não foi?”: Leo Lima

Prémio “Em bom português nos entendemos”: José Veiga e Luís Filipe Vieira
Prémio “Só eu sei porque é que fico em casa”: Anderson Polga
Prémio “Gostar de ‘fruta’ é de homem”: Árbitros da Superliga
Prémio “Melhor jogador da Superliga a actuar na II B”: Sokota
Prémio “Frase do ano”: José Peseiro, com “O Sporting já não depende de si próprio para chegar ao título”, depois da derrota na Luz
Prémio “Teoria da conspiração”: Carlos Xavier (Estoril – Benfica)
Petit (Rio Ave – Benfica)
Prémio “Até com uma perna às costas”: Mantorras


As crónicas do burgesso voltam quando se iniciar a nova época. Até lá, é esperar por grandes contratações ao nível de um Paulo Almeida, de um Mota ou de um Cláudio Pitbull! Eh eh!

Inté, camaradas!

CGA

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Pa é so para dizer aos benfiquistas que em ves de estarem a gastar dinheiro com promoções de novos socios já era altura de arranjarem um dentista po clube.. ou será que querem entrar po guiness ao chegar aos 10 milhoes de desdentados..

12:08 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home