segunda-feira, agosto 08, 2005

Burgessos da Rapaqueca (2ª época) - Semana 31

Boas, pessoal!

Ora cá estamos para dar início à segunda época de crónica futeboleira, depois de umas semanas de descanso. E que descanso!
Foram todos os dias em casa a dormir valentes sestas, excepto na altura em que o Porto treinava na Holanda, porque os berros do Co Adriaanse ao Léo Lima perturbavam-me o sono!

Ora este defeso, como qualquer outro, divide-se em três partes: Contratações falhadas, gajos a querer dar à sola e eventos sociais com jogadores.
Já ando há alguns dias a pensar qual das três é a pior, mas ainda não cheguei a uma conclusão.


CASOS McCarthy, Enakarhire e Miguel

McCarthy está na mesma situação de Miguel. A diferença é que o advogado do sul-africano sabe ler contratos.
O do Miguel duvida até dos carimbos do notário, o que se entende: os carimbos são brancos, e o homem só vê verde!

A única coisa em que eles têm razão é que o Miguel no mês de Julho andou, de facto, em período de experiências:
“Ora deixa cá experimentar “contrato inválido”. Não pega?
Ok, ok, então “período de experiência”. Também não dá?
Ó cum caraças… ok, ok… “5 milhões de euros via off-shore”, que tal?”

Neste momento existirão vários clubes interessados em Miguel, mas o pessoal do Burgesso adianta já um que não está: o Clube Casa do Castelo!
É que consta que o Miguel esteve lá à experiência mas foi posto na rua com justa causa.

Com estas broncas todas, ficámos a saber que o defesa de Chelas já não será chamado à Selecção.
Miguel ainda terá pedido a Scolari, que em bom português lhe respondeu:
Pô, Miguéu, à Sêlêção não é prá jogador qui num joga no seu clúbi si vir mostrá e ganhá uma transfêrência prá Itália. E num há êxcêções, pomba!
Ô Figo, fala prá êli o que eu tou djizendo, faiz fávô, que êli num tá intendendo, pô…

Quanto ao Enak, a situação é oposta à do Miguel: o nigeriano não quis ficar entalado em Portugal e arriscou-se a ir para a Rússia, ao passo que o benfiquista não quis ir para a Rússia e arrisca-se a ficar entalado em Portugal!


CONTRATAÇÕES

Ora tal como em todos os anos, há tipos que não interessam e malta que interessa mas não há graveto. Agora há também a última moda nortenha do "Há jogar e jogar, há ir e voltar"a que os lagartos pelos vistos também já aderiram.

Ora o Burgesso pegou nessa maltosa toda, engendrou uma táctica infalível, e criou a equipa "Tipos que era suposto cá jogarem"


Agora era só ganhar o Euromilhões e tinhamos o campeonato no papo!

O Benfica propriamente dito já espera há mais tempo por um ponta de lança que Portugal por D. Sebastião.
A malta até já comenta que a única forma do Benfica ter uma cara nova no plantel é o Nuno Gomes fazer um peeling.

Mas as contratações que o Glorioso fez estão a voltar a ser o que eram: para a defesa contratou-se o Léo e o Anderson, o que é um retorno aos bons velhos tempos dos defesas brasileiros de gabarito internacional, e para o meio campo vieram Karyaka e Beto, o que constitui o regresso aos bons velhos tempos dos médios altos e louros!

Agora consta por aí que o Glorioso vai contratar o puto maravilha Salomon Kalou.
Ora a acontecer o dito, para a malta anti-Glorioso que andava a mandar bocas do estilo “Querias um avançado? Ora Tomasson!”, só tenho uma coisa a dizer:
Shhht, Kalou!

Já se antevê também que os Benfica-Porto sejam grandes derbies elefantinos: afinal, vai jogar o clube que tem um avançado da Costa do Marfim contra o clube que têm um presidente que anda no negócio do Marfim!

O problema é que este Kalou, como os outros todos que lá estão, gostam de jogar nas costas do “ponta de lança”, que é mais difícil de encontrar, além de não haver carcanho e querer-se trazer malta a custo zero.
Já há até quem diga que o “ponta de lança” ideal para o Benfica é o Paulo Portas: tem experiência no ataque, está livre e gosta de ter alguém nas costas!
Além disso tem um poder de impulsão e de voo acima da média. Tanto é que no Parque Eduardo VII era conhecido por “borboleta”!

Quanto a Porto e Sporting, fizeram contratações de tirar o sono a qualquer adversário, nomeadamente os craques Sandro e Manoel!
Acho que esta é a grande diferença entre o Benfica e os outros: é que as contratações do Benfica são tão boas que os homens nem vêm, ao passo que as dos outros são tão más que eles vêm, cobram a guita da transferência, e vão-se embora!

Isto faz-me lembrar aquela piada em que diz o lagarto "Então e o Tomasson foi bom?!" e responde o benfiquista "Bom não sei, mas foi mais barato que o Manoel!"

EVENTOS

O Jorge Costa aproveitou o defeso para lançar um livro de memórias. E se alguém duvidasse de que o livro era de memórias, bastava atentar no título: “Jorge Costa, o Capitão”!

Acerca do ex-titular do FêCêPê, Co Adriaanse referiu: “Jorge Costa é o senhor Porto!” Entretanto, Co Adriaanse já pediu desculpa pela ofensa.

Quem se mostrou radiante neste defeso foi Rochemback, por ter perdido 6 quilos!
Depois desta experiência fascinante e de grande realização pessoal, o médio lagarto já estará a ponderar novos desafios profissionais, que poderão passar por escrever uma coluna na “Máxima” e abrir um Spa em Odivelas.


A competição, essa, começa já quarta-feira. O Sporting vai jogar com a Udinese e todo o Portugal vai torcer por malta lagarta. Mais do que não seja pelo Vidigal!

Agora mais a sério, boa sorte lagartagem, que se Portugal conseguir ter três clubes na Liga dos Campeões, há-de haver um que a ganha! É que da maneira como se joga fechadinho em Portugal, ninguém nos vai conseguir tirar os três!


CGA